GOVERNO INVESTE DOIS MILHÕES DE EUROS NO APOIO TÉCNICO À CRIAÇÃO DE MICROEMPRESAS

O Governo enviou aos Parceiros Sociais uma proposta de reformulação do Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos (ATCP) para «conferir mais eficiência ao apoio técnico prestado» à criação de empresas, instituindo «uma fase de apoio técnico prévio à concretização e financiamento dos projetos, associada sobretudo à conceção e elaboração de planos de investimento e de negócio», refere o Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social em comunicado.

A criação da fase de apoio técnico prévio «é de relevante importância para o apoio ao desenvolvimento de projetos de criação do próprio emprego e de criação de novas empresas», sendo que os apoios à criação de empresas, como o recentemente criado Investe Jovem, «poderão encontrar neste apoio a base para o desenvolvimento de ideias, e elaboração dos planos de negócio».

Com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), a Rede de Entidades Prestadoras de Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos (EPAT) tem desenvolvido uma relevante atividade de consolidação e criação de novas empresas, tendo por base o trabalho do IEFP na consultoria e apoio técnico, visando a sustentabilidade dos projetos e dos empregos criados.

Com estas alterações «o Governo continua a assegurar o apoio técnico aos projetos de empreendedorismo e de autoemprego», refere o comunicado. (…)

Fonte: Governo de Portugal

Posted on 8 Maio, 2015 in Empresas

Back to Top